Buscar
  • João M.M.F. Silva

O que você precisa saber antes de aplicar seu dinheiro?


Muitos brasileiros que vêm para os Estados Unidos não apenas trabalham e correm atrás, mas também fazem seu dever de casa na boa administração de suas finanças pessoais. O resultado disso é a prosperidade financeira e o acúmulo de riquezas. Mas o que fazer com o dinheiro acumulado? Investir no mercado financeiro é uma das melhores alternativas dependendo do objetivo do investidor. Na expressão americana investir é ter um exército de notas de dólares (army of dollar bills) trabalhando para você. Todavia, é importante que o investidor esteja ciente de alguns fatores que irão influenciar seus investimentos. Esses fatores serão discutidos nos parágrafos a seguir.


O primeiro fator a se considerar ao aplicar seu dinheiro é que o mercado financeiro não é a única opção. É importante desmistificar a ideia de que alguém que não entende de investimentos vai aplicar uma pequena quantia e se tornar milionário em um curto espaço de tempo apenas por sorte. Nesse sentido, seria como um jogo de loteria. Por mais que seja possível ganhar, é extremamente improvável. Caso isso não esteja claro pra você, analise a seguinte questão: “por que alguém que trabalha a vida inteira em uma profissão e se torna excepcional naquilo, vai enriquecer trabalhando em outra profissão, e não naquela em que já é especialista?” Ativos financeiros têm uma valorização lenta na maioria das vezes e podem apresentar um risco considerável dependendo do tipo de ativo. Por isso, mantenha a mente aberta para outros tipos de investimento. Dependendo do seu objetivo ao investir (o que precisa estar claro pra você), empreender pode ser uma opção mais sensata, pois além de aplicar seu capital estará aplicando conhecimento e trabalho em prol de fazer o investimento prosperar. Essa estratégia pode ser questionada no sentido de pulverização de risco, todavia, foi largamente utilizada por investidores como Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX.

O segundo elemento a ser considerado antes de aplicar seu dinheiro é o seu perfil de investidor. Algumas pessoas têm uma aceitação maior ao risco, enquanto outras são completamente avessas ao mesmo. Isso se dá tanto por questões pessoais como criação, quanto por questões lógicas como idade e experiência no mercado. Uma pessoa mais nova tende a se expor mais a riscos, pois terá mais tempo para se recuperar de possíveis perdas. Por outro lado, pessoas que não têm experiência no mercado financeiro tendem a eliminar os riscos como uma forma de se proteger do desconhecido. É importante lembrar que normalmente o risco de um investimento está diretamente ligado ao seu retorno. Logo, uma aplicação de baixo risco, pressupõe um retorno baixo. Como uma forma de quebrar essa lógica, os investidores criam carteiras de investimento, um conjunto de aplicações selecionadas, com o objetivo de pulverizar o risco e aumentar o retorno. Todavia, essa estratégia não é adotada por todos; Elon Musk, afirma que “não tem problema colocar todos os ovos na mesma cesta, desde que não tire os olhos da cesta”.

Outro fator importante antes de aplicar seu dinheiro no mercado financeiro é ter certeza de que você está na fase certa de sua vida para investir. É importante frisar que não existe momento inoportuno para poupar. Porém, o tema investimentos está ligado a o que fazer com o dinheiro poupado. Caso esteja endividado ou não possua uma reserva de emergência, a melhor opção é resolver essas pendências antes de aplicar seu dinheiro. O motivo é muito simples, em relação a dívidas, é extremamente improvável que encontre um investimento no mercado financeiro que pague um retorno maior que os juros que te cobram pela dívida; caso isso ocorra, o retorno que terá dessa operação será tão insignificativo que não pagará a falta de paz que o endividamento pressupõe. Logo é melhor sair das dívidas e deixar os investimentos para um segundo momento. No que diz respeito a reserva financeira, a falta da mesma pode comprometer o rendimento de sua aplicação, devido à baixa liquidez de alguns ativos financeiros. Se não possuir uma reserva de emergência e ocorrer algum imprevisto, será necessário recorrer ao dinheiro aplicado. É como se tivesse que vender um carro rapidamente para cobrir despesas médicas; as chances de vende-lo a um preço acima do mercado são baixíssimas. No caso de aplicações financeiras, em algumas é cobrada uma multa para o resgate antecipado, e em outras, devido a volatilidade, é possível que os rendimentos não estejam no melhor tempo para resgate.

O quarto fator a se considerar ao aplicar seu dinheiro é se o mercado em que deseja entrar está em alta ou em baixa. Um erro muito comum que iniciantes cometem é de comprar um ativo quando ele está no auge. O momento de alta é a hora certa de vender um ativo e sair do mercado. Logo, a hora certa de comprar e entrar no mercado, é nos momentos de baixa. É fato que nem o melhor investidor é capaz de adivinhar o acontecerá no futuro e prever se um mercado vai decolar ou colapsar, todavia, é fato que a economia se comporta em ciclos de bonança e de tempestade. Então, se determinado mercado está em alta, isso indica que pode ser o momento de sair desse mercado e entrar em outro tipo de mercado para obter um retorno melhor. Por exemplo, durante a pandemia do Corona vírus, o setor de tecnologia foi às alturas. Quem investiu nesse setor antes da pandemia ou durante, gozou de um crescimento em seu patrimônio sem paralelos para o período. Por outro lado, setores como o de turismo sofreram muito com o ocorrido. Essa informação indica que esse pode não ser o melhor momento para investir no setor de tecnologia; por outro lado, pode ser que investir em setores como o de turismo vai resultar em um retorno significativo no médio prazo. É fato que o risco de se fazer esse investimento em Setembro de 2020 é considerável, mas é justamente esse risco que proporciona um retorno mais atrativo.

Para concluir, lembre-se de que o investimento é uma das melhores formas de multiplicar seu patrimônio. Se ainda não está preparado para investir, prepare-se para gozar dos benefícios de ter um “army of dollar bills” (exército de notas de dólares) trabalhando para você.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo